Assessoria – A Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), por meio da Diretoria de Assistência Social, visitou na última terça-feira, 26, o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), em Feijó.

A visita teve o objetivo de alinhar as ações voltadas aos povos indígenas do município. “Ouvimos o relato das dificuldades que a Assistência Social enfrenta, esclarecendo os fluxos relacionados às demandas. O nosso papel como Estado é capacitar, orientar e fortalecer os municípios em suas funções com os povos indígenas e população em geral”, explicou o diretor da pasta, João Victor Mascarenhas.

O Cimi é um organismo vinculado à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que oferece apoio assistencial e suporte técnico aos povos indígenas, denunciando estruturas de dominação, violência e injustiça, praticando o diálogo intercultural e apoiando as alianças mútuas desses povos. “Apresentamos a situação de vulnerabilidade em que se encontram os povos indígenas Madija e Ashaninka do Alto e Médio Rio Envira e contamos com o apoio do Estado para auxiliá-los”, informou o coordenador do Cimi, José Francisco Gomes.

Foram entregues na quinta-feira, 27,  28 cestas básicas aos povos Madija, popularmente conhecido como kulinas, e aos Ashaninka, conhecido como kampas, localizados às margens do Rio Envira.

Participaram da reunião a técnica em assuntos indígenas, Andreia Guedes; a coordenadora estadual do Programa Bolsa Família, Lidiane Moreno; e a freira Maria de Lourdes.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Boa parte das autoridades acreanas estão se manifestando apenas a respeito do Coronavírus, o que é de extrema importância, porém há uma outra ameaça à vida dos acreanos que é a dengue, onde o número de casos chega a ser assustador e infelizmente até óbito foi registrado. Dengue Trata-se de uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro, e compartilhe.