Ponte sob o Rio Madeira, que liga Rondônia e Acre — Foto: Mayara Subtil/Rede Amazônica

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou que a obra da ponte sobre o Rio Madeira, na região da Ponta do Abunã, em Porto Velho, deve ficar pronta em março deste ano. A informação foi repassada nesta semana via Lei de Acesso à Informação (LAI). Com informações do G1 Acre.

Segundo o Dnit, o motivo do atraso é em decorrência da “queda na produção nacional de alguns insumos” causada pela pandemia da Covid-19.

A estrutura de 1,9 Km de extensão está sendo construída desde 2014 e tem o objetivo de interligar Rondônia ao Acre. A obra foi orçada em R$ 130 milhões.

O órgão esclareceu também que o cronograma da obra foi diretamente afetado pelo atraso na entrega do aço necessário à construção do elevado. O Dnit informou ainda que faltam realizar serviços de pavimentação, sinalização, acabamento e drenagem na estrutura.

O acesso à ponte já está pavimentado no lado do Acre e em 97,22% no lado de Rondônia, conforme o departamento. Enquanto a entrega da ponte não é feita, motoristas e motociclistas utilizam uma balsa para atravessar o Rio Madeira.

A estimativa é de que mais de 2 mil veículos passem pela ponte assim que ficar pronta. A expectativa é de também agilizar e baratear o transporte de mercadorias entre os dois estados.

A obra já sofreu alguns atrasos. Entre muitas previsões, a última era de que a estrutura seria inaugurada no fim de 2020. Caso não ocorram novos atrasos, a ponte será inaugurada até o final de março.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Boa parte das autoridades acreanas estão se manifestando apenas a respeito do Coronavírus, o que é de extrema importância, porém há uma outra ameaça à vida dos acreanos que é a dengue, onde o número de casos chega a ser assustador e infelizmente até óbito foi registrado. Dengue Trata-se de uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro, e compartilhe.