O governador Gladson Cameli esteve na noite desta terça-feira, 26, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, reunido com o governador João Dória para tratar de uma possível aquisição de vacinas contra Covid-19.

Cameli reforçou a importância de imunizar a população acreana por fazer parte de área de fronteira e também pela vulnerabilidade da população indígena. O governador esclareceu que o Acre precisa de reforço e que mesmo com todo apoio dado pelo Ministério da Saúde, as doses ainda não são suficientes.

“Em primeiro lugar, não posso deixar de enfatizar o apoio que estamos recebendo do governo federal, por meio do Ministério da Saúde. Porém, diante da grave crise no estado vizinho do Amazonas, houve a necessidade de remanejamento de mais doses para eles. Mas, como governador e responsável por quase um milhão de habitantes, preciso buscar alternativas para imunizar nosso povo o quanto antes. Não aguento mais ver tantas famílias sofrendo por conta desse vírus. Por isso estou em busca do apoio do governo de São Paulo”, esclareceu o governador.

Assessoria – Por sua vez, o governador João Dória disse que está à disposição do governo acreano para colaborar no que for necessário: “É sempre um prazer muito grande receber o governador Gladson para discutir o tema mais importante atualmente, que é a saúde pública. Temos um novo lote de vacinas chegando ao Brasil no próximo dia 3 de fevereiro e esperamos que, por meio do Sistema Único de Saúde, mais doses possam chegar ao Acre. O governador Gladson Cameli está de parabéns por desde o início da pandemia defender a vida, a saúde”.

Alysson Bestene, secretário de Saúde do Estado do Acre, disse que é preciso atender com muita agilidade a população mais fragilizada neste momento: “O Instituto Butantan, juntamente com o governo de São Paulo, rapidamente articulou com o governo chinês para que o Brasil receba matéria-prima suficiente para atender o Brasil com a vacinação. A reunião de hoje, entre os governadores Gladson Cameli e João Dória, foi muito importante para providenciarmos o envio de um quantitativo suficiente de vacinas para o Acre, a partir dessa nova alternativa”.

Além de Bestene e Cameli, participaram do encontro o procurador-geral do Estado do Acre, João Paulo Setti; o secretário de Estado de Ciência e Tecnologia (Sect), Anderson Abreu; e o diretor de Transporte Aeronáutico da Casa Militar, Carlos Augusto Negreiros.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Boa parte das autoridades acreanas estão se manifestando apenas a respeito do Coronavírus, o que é de extrema importância, porém há uma outra ameaça à vida dos acreanos que é a dengue, onde o número de casos chega a ser assustador e infelizmente até óbito foi registrado. Dengue Trata-se de uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro, e compartilhe.