Assessoria – Uma equipe da Secretaria da Fazenda do Acre (Sefaz) esteve reunida nesta terça-feira, 26, com representantes de sindicatos e associações comerciais  de Cruzeiro do Sul para pedir apoio das categorias na divulgação do Programa de Recuperação Fiscal (Refis) 2021.

O programa, que teve início na última segunda-feira, 25, é uma medida que o governo do Estado oferece  para o pagamento de débitos do ICMS de forma parcelada e com descontos. O prazo vai até o dia 26 de março.

O diretor de Administração Tributária da Sefaz, Clóvis Monteiro, ressaltou que o Refis é uma grande oportunidade para as empresas se regularizarem. “Queremos hoje pedir o apoio de todos os representantes no sentido de divulgar o Refis, de forma a retirar o empresariado da inadimplência”, afirmou.

Para o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Cruzeiro do Sul (Acecs), Luís Cunha, os empresários têm total interesse em pagar impostos e se manter em regularidade com o Estado. “O Refis é muito importante porque dá às empresas a oportunidade de continuar trabalhando e o nosso papel agora é disseminar para a classe empresarial  as informações sobre o programa. Este é o melhor Refis dos últimos anos”, destacou.

O diretor ressaltou ainda a importância do programa para o Estado. “Além de ajudar nos investimentos do governo em áreas prioritárias como a Educação, Saúde, Segurança Pública e Infraestrutura, é a ajuda necessária que o empresário precisa para que volte a pensar em investimentos”, afirmou.

Ainda de acordo com o diretor, na reunião foram abordados os benefícios, procedimentos e tramitação dos processos do Refis no âmbito da Sefaz, além de alertar para que os empresários não deixem para aderir ao programa no último dia, haja vista o momento de pandemia, a fim de evitar aglomerações e a disseminação da Covid-19.

Participaram da reunião a gerente da Agência da Secretaria da Fazenda em Cruzeiro do Sul, Maria Suely Andrade; o chefe da auditoria na Agência, Paulo Lima; o diretor de Administração Tributária, Clóvis Monteiro; e o gerente da Regional de Rio Branco, Eduardo Mesquita, além de representantes de entidades como Fecomércio, Conselho Regional de Contabilidade, Sebrae e Acecs, que foram unânimes em afirmar que o Refis 2021 é uma oportunidade muito boa para os comerciantes.

Condições para adesão

Este ano, a novidade do programa é para os contribuintes optantes pelo Simples Nacional (Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte), o Microempreendedor Individual (MEI), o Produtor Rural e Pessoa Física em condições diferenciadas. A Sefaz estima que mais de 14 mil contribuintes serão beneficiados com a medida.

Para as microempresas e empresas de pequeno porte, o pagamento à vista terá redução de 100% das multas punitivas e moratórias e dos juros de mora. No caso das empresas do Regime Normal, a redução para pagamento à vista será de 95% das multas punitivas e moratórias e dos juros de mora.

O parcelamento será de até 84 parcelas mensais e sucessivas, com redução de 95%, 85%, 80%, 75%, 70% e de 65% das multas punitivas e moratórias e dos juros de mora, conforme a quantidade de parcelas pelas quais o contribuinte optar.

Para aderir ao Refis, basta o contribuinte procurar a sede da secretaria, à Rua Benjamin Constant, 946, no centro de Rio Branco, ou nas agências da Sefaz nos municípios entre os dias 25 de janeiro e 26 de março.

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Boa parte das autoridades acreanas estão se manifestando apenas a respeito do Coronavírus, o que é de extrema importância, porém há uma outra ameaça à vida dos acreanos que é a dengue, onde o número de casos chega a ser assustador e infelizmente até óbito foi registrado. Dengue Trata-se de uma doença infecciosa causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Ela não tem tratamento específico, causa sintomas como febre alta e dores no corpo e pode até matar. Sua incidência aumenta no verão, em dias quentes e úmidos.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: Apesar do decreto do governo do estado com relação ao toque de recolher, as pessoas estão se adaptando às mudanças. Só devemos ter cuidado com as fake news para não tomarmos atitudes desnecessárias, devemos sempre nos cuidar contra a covid-19. A covid-19 é uma doença causada pelo coronavírus, denominado SARS-CoV-2, que apresenta um espectro clínico variando de infecções assintomáticas a quadros graves.

Veja o Vídeo:

Inscreva-se no Twitter 3 de Julho Notícias, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se no Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos, seja membro, e compartilhe.

Inscreva-se na Página Facebook 3 de Julho Notíci, seja membro, e compartilhe.