O estado do Acre segue em queda na média móvel de mortes por coronavírus Foto: Odair Leal

Assessoria – Segundo levantamento nacional apresentado neste domingo, 24, o Acre segue em queda na média móvel de mortes por coronavírus. De acordo com os dados consolidados das secretarias estaduais de Saúde, o Acre apresenta a segunda maior taxa de redução em relação a outros estados do Brasil, ficando em primeiro lugar se comparado aos da região norte (-43%).

Os dados são obtidos por meio do consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde. Nas últimas duas avaliações o Acre já vinha se destacando nacionalmente por conta das reduções, confirmando que as ações do governo, realizadas por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) estão corretas.

Na última coletiva de imprensa sobre a classificação de risco por meio de bandeiras, realizada na última sexta-feira, 22, o governo do Acre, por meio do Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19, revelou um avanço da pandemia em todo o estado, e para evitar o colapso do sistema público de saúde, decretou restrição de aglomeração a partir da segunda-feira, 25, das 22h às 6 horas em todos os municípios.

“Desde o início da pandemia, o governador Gladson Cameli não tem medido esforços para combater e controlar a circulação do vírus no estado. Investimos em saúde, priorizamos vidas. Temos que continuar mantendo as regras sanitárias para que reduções de casos – e de óbitos – sejam uma constância em nosso estado”, declara o secretário de Saúde, Alysson Bestene.

A média móvel é apresentada após a avaliação de um período de sete dias, que atribui a cada ponto da série de dados uma média entre o número verificado no próprio dia e os números dos seis dias anteriores.

De acordo com dados do Departamento de Vigilância em Saúde da Sesacre, apresentado neste domingo, 24, o Acre registra 46.429 casos confirmados e 850 mortes decorrentes do coronavírus. A taxa de ocupação de UTIs no Sistema Único de Saúde (SUS) do estado é de 65,3%, com 49 pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva e outros 162 em enfermarias do SUS.

E veja também no Plantão 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: As manifestações contra o governo de Jair Bolsonaro já iniciaram e seguem neste sábado com mais manifestações pedindo o impeachment do presidente (Cloroquina), devido o seu descaso com a pandemia e sobretudo com o estado do Amazonas.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no Plantão 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: O amor é a força mais poderosa da existência humana. Sem ele perdemos nossa humanidade. É o sentimento que dar sentido a vida, que nos une, que nos torna feliz, mas que pode também nos trazer tristezas e traumas.