Ponto alto das críticas ao general que comanda a pasta da Saúde foi a falta de oxigênio hospitalar na cidade de Manaus – Foto: Marcos Corrêa/PR

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) passaram a defender recentemente que o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, seja responsabilizado pela crise de abastecimento de cilindros de oxigênio em Manaus e consequentemente pelo colapso do sistema de saúde da capital amazonense, de acordo com a Revista Veja.

Na pior das hipóteses, os magistrados avaliam que Pazuello poderia ser acusado de homicídio por omissão caso fique comprovado que o Ministério da Saúde já havia sido informado sobre a iminente falta de insumos em Manaus e, mesmo assim, não tomou providências.

À Veja, um ministro do Supremo disse que membros do tribunal pressionaram o procurador-geral da República, Augusto Aras, a tomar medidas mais enérgicas contra Pazuello. Aras, porém, deu uma resposta protocolar: “já abrimos procedimento”.

Até o momento, três ações foram abertas pelo Ministério Público para investigar a crise do oxigênio em Manaus. Pazuello, no entanto, não é investigado.

E veja também no Plantão 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: As manifestações contra o governo de Jair Bolsonaro já iniciaram e seguem neste sábado com mais manifestações pedindo o impeachment do presidente (Cloroquina), devido o seu descaso com a pandemia e sobretudo com o estado do Amazonas.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo:

E veja também no Plantão 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo Abaixo: O amor é a força mais poderosa da existência humana. Sem ele perdemos nossa humanidade. É o sentimento que dar sentido a vida, que nos une, que nos torna feliz, mas que pode também nos trazer tristezas e traumas.