O Banco do Brasil anunciou na segunda-feira (11) a abertura de dois Programas de Demissão Voluntária com a previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários. Foi anunciado ainda o fechamento de 361 unidades – 112 agências, 7 escritórios e 242 postos de atendimento.

No Acre estão na lista duas agências em Rio Branco, a da Via Chico Mendes e avenida Ceará; e as agências de Mâncio Lima, Feijó, Bujari, Xapuri, Assis Brasil, e a agência Catedral, em Cruzeiro do Sul.

Além do prejuízo das demissões, o encerramento das atividades da instituição em algumas cidades do interior do Acre deve gerar um verdadeiro caos.

A Parlamentar acreana que já presidiu o sindicato dos bancários no Acre, afirmou que irá comprar a briga em defesa dos milhares de trabalhadores que podem ser demitidos e também da população de sete cidades do Acre, que ficarão sem agência do Banco do Brasil.

“Desde quando presidi o Sindicato dos Bancários do Acre, sempre falei: Governo que fecha agência bancária é o mesmo que demite trabalhador e aumenta as filas de atendimento para os clientes. Vem aí mais demissões e mais filas nos bancos. Será um caos! Lutaremos para impedir essa maldade contra a nossa população e os funcionários do Banco do Brasil. Contem comigo”, declarou a deputada acreana.

E Veja Também no Plantão 3 de Julho Notícias:

Veja o Vídeo abaixo: O ano de 2021 iniciou no Brasil com o alto índice na inflação e um grande número de desempregados. Especialistas chegam a dizer que a expectativa é de que os alimentos continuem pressionando a carestia e a alta dos preços se espalhe por outros itens, já que vários reajustes foram postergados por conta da pandemia de covid-19. O Banco do Brasil e Ford anunciaram que no total irão desempregar quase 10 mil trabalhadores.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Instagram 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: