Um dos que estavam na linha de frente é o pequeno comerciante José Gama, que lamenta ausência da sociedade nessas ações. Gama disse que a maioria das pessoas só protestam em grupos de WhatsApp, mas quando é para mostrar a cara desaparecem todos.

“Ficamos bastante decepcionados com a falta de interesse de parte da população cruzeirense, em questionar tanto abuso que são praticados contra nós. Passamos a semana mobilizando, desde pessoas simples as autoridades foram mobilizadas. Se você olhar, nem mesmo os vereadores que recentemente foram eleitos se interessaram em manifestar contra os aumentos do Gás, energia e gasolina. Nossa gente parece que se acostumou a ser explorado”, desabafou José Gama.

Cruzeiro do Sul tem a gasolina mais cara do País, com litro custando R$ 5.95 sendo um dos motivos de grande insatisfação da população. O Gás de cozinha já é vendido a mais de R$ 100 em algumas comunidades rurais da cidade. A Energia é outro gargalo dos acreanos, que reclamam diariamente dos excessos praticados pela empresa Energisa.

Os organizadores não estipularam uma data e nem confirmaram se ainda voltarão a marcar outra manifestação.

E Veja Também no Plantão 3 de Julho Notícias:

Filho de Jair Bolsonaro, o deputado Eduardo Bolsonaro acentua sua submissão ao atual presidente dos Estados Unidos, que pode sofrer um impeachment a toque de caixa nesta semana.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Instagram 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: