Com discurso fácil de que não levaria petistas para sua administração, Bocalon esqueceu o que dizia em campanha e parece ter percebido que não se governa sem aqueles que já conhecem a estrutura burocrática da gestão.

Semana passada foram três, agora mais três. As críticas são as mais diversas e a orelha do prefeito Tião Bocalon deve estar fervendo, com a chuva de descontentamento divulgadas nas redes sociais.

Semana passada, o Secretário de Planejamento Artur Neto, teve que soltar uma nota para explicar os motivos de algumas nomeações de remanescentes da gestão anterior. Segundo o secretário, as nomeações são apenas por um período de transição e capacitação dos que estão chegando.

Em outras palavras, o gestor disse que faltou transição, pois se os indicados estivessem feito esse trabalho após a vitória, não necessitaria nomear algumas pessoas para dar treinamento aos novos comissionados.

Veja os que foram nomeados nesta segunda-feira;

Erick Pinheiro Caniso, que ocupou cargos importantes nas administrações do petista Marcus Alexandre e Socorro Neri, foi mantido por Tião Bocalom como diretor de gestão da Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer Garibaldi Brasil.

Mário Jorge Caruta

Chefe do setores de Patrimônio e Almoxarifado da Fundação Garibaldi Brasil
CC 1 : R$ 3.100,00

Fernanda Chaves Machado, nomeada pela vice-prefeita, Marfisa Galvão.
Coordenadora de Contratos e Licitações da Fundação Garibaldi Brasil
CC2 : R$ 4.200,00.

E Veja Também no Plantão 3 de Julho Notícias:

Filho de Jair Bolsonaro, o deputado Eduardo Bolsonaro acentua sua submissão ao atual presidente dos Estados Unidos, que pode sofrer um impeachment a toque de caixa nesta semana.

Acompanhe nossas redes Sociais

Twitter 3 de Julho Notícias

Instagram 3 de Julho Notícias

Youtube 3 de Julho Notícias Vídeos

Página Facebook 3 de Julho Notíci

Veja o Vídeo: