Homem foi jogado para às margens da rodovia após impacto com caminhonete e morreu no local — Foto: Polícia Militar

O lavador de carros, identificado apenas como Ernilson, morreu durante um acidente de trânsito na AC-475, em Acrelândia. A motocicleta conduzida pela vítima colidiu contra uma caminhonete após invadir a pista contrária.

O dono do veículo usado pelo lavador falou para a Polícia Militar que ele não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CHN).

As informações são do boletim de ocorrência da PM-AC, que atendeu a ocorrência. Ernilson morreu no local antes da chegada da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A PM informou que o motorista da caminhonete permaneceu no local e relatou o que aconteceu. Ele disse que seguia na rodovia sentido BR-364 quando o lavador fez uma manobra de retorno irregular e invadiu a contramão.

O condutor disse que ainda tentou evitar a colisão, desviando a caminhonete para o acostamento, mas que tudo aconteceu muito rápido e não conseguiu evitar o impacto.

Ernilson foi jogado para às margens da rodovia junto com a motocicleta e morreu. O motorista da caminhonete pediu para que os demais condutores acionassem o resgate.

A moto usada por Ernilson estava no nome de outra pessoa, que foi até o local e contou que era proprietário do posto de lavagem onde a vítima trabalhava. Ele disse que decidiu fechar o posto cedo e liberou Ernilson. Ao sair um instante do local, Ernilson teria pegado a moto sem autorização e saiu pela rodovia.

O veículo foi entregue ao proprietário. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi acionada e recolheu cadáver para exames.

Por Aline Nascimento, G1 Acre