Na manhã dessa terça feira, 29, a Prefeitura de Cruzeiro do Sul recebeu a doação de R$40 mil do Banco do Amazonas (BASA) destinado ao Fundo de Ajuda e Amparo da Criança e do Adolescente. O recurso foi doado pela instituição financeira para fortalecer e potencializar as políticas públicas de garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Segundo Antônio Marlus, gerente do Banco da Amazônia, essa é a quinta vez que o banco realiza a doação.

“Há cinco anos que o banco realiza esse investimento já foram mais de R$5 milhões, ano passado foram destinados R$30 mil para Cruzeiro do Sul e nesse ano R$40 mil. Esse recurso será investido considerando as prioridades e as peculiaridades das crianças e adolescentes”, contou.

A doação de R$40 mil ao Fundo da Criança e do Adolescente de Cruzeiro do Sul são recursos oriundos de 1% do valor residual do imposto de renda dos funcionários da instituição bancária. Marcos Levi, presidente do Conselho da Criança e do Adolescente explicou como o dinheiro doado será administrado.

“O conselho executivo da criança e do adolescente estará se reunindo para analisar a melhor forma para investir esse dinheiro que foi doado, buscando metas e objetivos para que o dinheiro seja aplicado de forma concreta e objetiva em prol das crianças e adolescentes da nossa cidade”, destcou.

A secretária de desenvolvimento social Keiliane Cordeiro explica que esse tipo de doação pode ser realizada por qualquer pessoa física e agradece ao Banco da Amzônia pela parceria.

“Os próprios funcionários do banco decidiram destinar esse valor do seu imposto de renda para o fundo da infância e da adolescência.  O conselho irá se reunir com a próxima equipe que irá assumir e destinar esse recurso para projetos sociais que beneficiam as crianças e adolescentes, que nós precisamos tanto na nossa cidade”, agradeceu.

As pessoas físicas que queiram fazer a doação no próximo ano, podem doar até 3% do seu imposto de renda para o Fundo Municipal da Criança e Adolescente. O prazo para indicar a entidade e abater o valor é até o dia 28 de dezembro. A partir do valor arrecadado, é feita a análise de projetos inscritos para receber doações. Anualmente o (COMDICACS) publica edital abrindo prazo para habilitação e seleção de projetos de entidades governamentais e não governamentais. Depois de aprovados os projetos, são realizadas as compras dos materiais e serviços que beneficiam as crianças e adolescentes cruzeirenses.