Este ano, por conta da pandemia do coronavírus, não será possível realizar, em frente ao Comando-Geral da Polícia Militar, em Rio Branco, as tradicionais cerimônias, honrarias e homenagens de promoções da corporação.

Mesmo sem os calorosos abraços e a entrega, pelas mãos de familiares, dos símbolos de suas novas patentes, um grupo de oficiais se reuniu para agradecer pessoalmente ao governador Gladson Cameli pela valorização e respeito ao tempo de serviço.

Serão aproximadamente 65 promoções oficializadas no Diário Oficial de quarta-feira, 30, distribuídas entre as funções de coronel, tenente-coronel, capitão e tenente. “A valorização é algo a que tenho dado prioridade na minha gestão, pois é o servidor que está na linha de frente e faz parte do time de que precisamos para vencer. E, quanto às demais obrigações que me faltam cumprir com a PM, só Deus pra me impedir de realizar”, disse Cameli aos oficiais. 

 O ato de agradecimento se deu no escritório do governador, na manhã desta terça-feira, 29. Fizeram-se presentes o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Paulo Cesar Gomes; o secretário estadual de Segurança, Paulo Cézar dos Santos; e mais seis oficiais representando os novos graduados.

“Viemos agradecer pelo respeito, valorização e empenho, não só pelas promoções, mas pelos demais apoios que temos recebido do governador, que não tem medido esforços para colaborar com os anseios da Polícia Militar”, enfatizou o coronel Paulo Cesar Gomes.

Já secretário Paulo Cézar destacou que, desde a sua entrada na instituição em 1991, não havia vivenciado uma época em que o chefe maior do Poder Executivo estivesse tão próximo e disposto a ouvir os anseios da polícia. “Foram apoios, investimentos, valorização e um diálogo próximo, que nos fizeram reconhecer o respeito que o governador tem pela segurança pública como um todo”, disse.