Assessoria – O governo do Estado investe na implantação e modernização tecnológica nos setores da Fundação Hospital do Acre (Fundhacre), referência no Acre em especialidades, buscando oferecer um acompanhamento humanizado para a saúde da comunidade acreana.

De janeiro de 2019 a novembro de 2020, a instituição recebeu mais de R$ 1,5 milhão em investimentos. A aquisição de equipamentos e materiais visa colaborar com o trabalho dos profissionais de saúde.

Além disso, o governo do Estado do Acre liberou o recurso de R$ 3,4 milhões para pagamentos de fornecedores da instituição. Isso ajudou a gestão a melhorar os atendimentos na rotina hospitalar.

Desde o início de janeiro de 2019 até abril de 2020, a Fundhacre recebeu, somente para aquisição de equipamentos, R$ 350 mil. São eles: balança antropométrica, biombo duplo, biombo triplo, cadeira de rodas, câmera para conservação de hemoderivados, comadre, papagaio. Além disso, materiais para a oficina ortopédica, o serviço de nefrologia, serviço de assistência especializado, serviço de transplante renal e de fígado.

Em maio de 2020, a instituição hospitalar já contou com R$ 781.164,50 e com este valor a unidade obteve vários equipamentos sendo eles: aparelho de ultrassom (imaginologia), aspirador, autoclave de 500 litros, balança tipo plataforma, banco mocho, cadeira de rodas, cama fawler, cama fawler mecânica, cama de UTI, carro de emergência, carro transportador, carro para transporte de materiais diversos, colchão pneumático, maca fixa de exame clínico, maca de transporte, mediador de  Cuff, mesa de Mayo, otóscopio e oxímetro de pulso.

“A instituição continuará na abrangência de especialidades e capacitação de recursos humanos, além de buscar o alinhamento em projetos para a concretização do bem-estar social  da população acreana, que é uma missão dos profissionais do hospital que desenvolvem continuadamente a prestação de serviços, a fim de promover um futuro benéfico na saúde pública estadual”, evidenciou o presidente da Fundhacre, Argemiro Santos.

No período de 2020, o hospital conseguiu realizar um alto número de cirurgias, totalizadas em 3.796. Além disso, muitos procedimentos que estavam suspensos foram retomados para potencializar a oferta de procedimentos cirúrgicos na unidade.