Assessoria – O deputado federal Jesus Sérgio (PDT) apresentou nesta terça-feira (22) o Projeto de Lei 5623/2020, que impede a privatização da Eletrobras. O projeto altera o art. 3º da Lei nº 9.491, de 9 de setembro de 1997 e retira a Eletrobras do Programa Nacional de Desestatização (PND) do Governo Federal. A Eletrobras está entre as mais lucrativas empresas estatais do país. A estatal de energia sozinha, injetou cerca de R$ 23 bilhões na economia brasileira nos últimos dois anos.

Com a privatização, o governo prevê captar apenas R$ 12 bilhões, um péssimo negócio, segundo especialistas. Além disso, a venda a Eletrobras significa perder a soberania no setor de energia.

“A Eletrobras é uma empresa lucrativa. Tem baixo endividamento e conta com cerca de 15 bilhões de reais em caixa. São recursos disponíveis para investimento em obras no setor elétrico, na produção de energia limpa e barata, e com capacidade de gerar emprego e renda. Este sim é um destino moderno para a Eletrobras, em sintonia com os tempos que vivemos. Privatizar, neste caso, é arcaico”, afirmou Jesus Sérgio.