Depois de tentar matar um adolescente de 17 anos com a ajuda de uma outra pessoa, José Adriano Schimenez da Silva, de 32 anos, foi morto a golpes de facão no quilômetro 17 do Ramal do Espinhara, na zona rural do Bujari. O suspeito do crime é o próprio menor, que foi apreendido em flagrante.

Conforme informações colhidas pela Polícia Militar do Acre (PM-AC) no local e registradas no boletim de ocorrência, a vítima e o suspeito estavam em uma bebedeira durante o sábado quando o adolescente foi para casa por volta das 20h.

Horas depois, Silva e um outro homem foram até a casa do adolescente, arrombaram o local e desferiram dois golpes de faca contra ele. Em seguida, a dupla fugiu do local.

Já em casa dormindo, Silva foi surpreendido pelo adolescente, que desferiu dois golpes de facão em seu pescoço. Após o crime, o menor foi para casa e contou para a companheira que tinha matado o desafeto e a mulher resolveu acionar a polícia.

A denúncia só chegou até a PM na manhã de domingo (20). Ao chegar na casal, os policiais foram informados do local onde o corpo da vítima estava e também que o adolescente suspeito estava escondido na mata. Em seguida, ele se apresentou à equipe policial e foi levado para a Delegacia de Flagrantes de Rio Branco (Defla) para os devidos procedimentos.

O corpo da vítima foi removido e levado para o Instituto Médico Legal (IML) da capital para passar pelos exames cadavéricos. O local foi isolado para o trabalho da perícia técnica e agora o caso é investigado pela Polícia Civil.
Por Iryá Rodrigues, G1 Acre