Lene estar no terceiro mandato, conhece a estrutura da casa e atualmente é vice-presidente da legislatura cessante. Sem contar que tem em seu favor o irmão senador Sérgio Petecão, que pode usar seu prestígio para atrair votos para Lene.

Lima vem para o segundo mandato, tem um partido forte e que elegeu três vereadores, além de ser correligionário do prefeito eleito Tião Bocalom.

Por falar em Bocalon. O mesmo já anunciou que não irá interferir no processo de eleição da câmara municipal de Rio Branco. Segundo o mesmo, ele deixará o parlamento bem à vontade e livre para exercer seu papel.

Faltam 11 dias para enfim acontecer a posse e a eleição da mesa, até lá o jogo estar sendo jogado e quem tiver os melhores trunfos, sairá vencedor.