“Depois de inúmeros exames e esperas, idas e vindas ao médico; por ter vários linfonodos aumentados de tamanho, no rosto, pescoço e axilas, fui diagnosticado com um câncer no sangue. Na verdade, é um tipo de leucemia, chamado de leucemia linfocítica crônica. Não tem cura; mas, conforme o hematologista, é possível manter o controle”, relata Maurício.

Desempregado, ele pede ajuda e a solidariedade de todos. “Preciso fazer exames muito caros que são fora da cidade para iniciar o tratamento de quimioterapia. Estou desempregado há seis meses; por isso, peço ajuda para realizar os exames e despesas pessoais. Eu precisarei ir para Rio Branco fazer o tratamento”, desabafou.

A contribuição pode ser dada de maneira virtual, por meio do endereço eletrônico: http://vaka.me/1594732

Fonte: Juruá em Tempo