O assunto deverá ser colocado em discussão na executiva regional, mas já há consenso sobre esta indicação. Um influente membro do MDB disse ontem ao BLOG DO CRICA que, entre os nomes que estarão disponíveis para senador na aliança que elegeu Gladson Cameli na última eleição, o do Flaviano Melo é o que maior tem cacife para somar numa chapa majoritária. 

E enumerou: “Flaviano Melo é um dos nomes mais respeitáveis e tradicionais da política acreana; o MDB é um partido estruturado em todos os municípios, com prefeitos; vereadores espalhados pelo estado, além de contar com dois deputados federais, dois deputados estaduais, um senador; o que somaria em qualquer coligação mais que outro partido”. 

O MDB, neste cenário, teria de abrir mão de disputar o governo, e caso sejam postas as candidaturas a governador do Gladson Cameli e do senador Sérgio Petecão (PSD), o partido teria que optar em se aliar com um dos dois.

Mas isso, só com o processo de alianças formatado. Seria uma segunda fase. O certo é que o jogo o Senado foi aberto no MDB.