Marcus diz que tem conversado muito com o ex-senador Jorge Viana (PT), com o ex-prefeito Raimundo Angelim (PT), com o deputado Daniel Zen (PT), a quem vai ouvir sempre, antes de tomar uma decisão sobre se será candidato; e sendo, para qual cargo eletivo. Enfatizou que, ninguém pode ser candidato de si mesmo. “Eu estou na paz, vamos aguardar os acontecimentos políticos, nunca me lancei candidato a nada”, enfatizou ao BLOG. 

Mesmo Marcus não tendo falado sobre o assunto, a tendência majoritária das opiniões dentro do PT, são de que, ele deve disputar uma vaga na ALEAC, para ser uma espécie de puxador de votos da chapa petista, o que ajudaria a eleger uma bancada numerosa na Casa.

O PT tem hoje a certeza que uma candidatura do Marcus Alexandre ao governo em 2022, seria queimar um dos poucos cartuchos políticos que restou depois de perder o poder.

EM PRIMEIRO PLANO

Com os dirigentes do PT com os quais converso na busca de informações políticas; noto claramente que, o partido não deve ter candidato ao governo em 2022, e fará da volta do Jorge Viana ao Senado, prioridade. Não descartam alianças fora da esquerda. Leia mais no Blog do Crica