Rio Branco, Atlético Acreano e Imperador Galvez ganharam um reforço para a disputa da Copa Verde, programada para a segunda quinzena de janeiro de 2021. Nesta segunda feira, 7, os presidentes dos três clubes foram recebidos pelo governador Gladson Cameli, que confirmou uma ajuda financeira do Estado a cada um.

Na semana passada, quando foi recebido pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, no Rio de Janeiro, Gladson intercedeu pelo futebol acreano e conseguiu que a entidade máxima do futebol nacional arcasse com as despesas de arbitragem e antidoping, que seria de responsabilidade dos clubes.

O pedido do governador livrou os clubes de uma despesa aproximada de R$ 10 mil por partida, o que inviabilizaria a participação do Rio Branco, que já havia anunciado a desistência da competição.

No encontro de hoje, o governador garantiu o repasse de R$ 180 mil e mais R$ 1 milhão para ser dividido entre os dez clubes que irão disputar o campeonato estadual no ano que vem.

Gladson disse que o desejo do Estado era fazer mais pelo futebol profissional, mas lembrou que a pandemia atrapalhou todos os investimentos previstos.

“A gente gostaria de fazer mais pelo nosso futebol. Eu disse pro presidente da CBF que qualquer ajuda que eles nos dessem era bem-vinda, e conseguimos tirar das costas de vocês essas despesas da Copa Verde. Esse apoio talvez não seja o que vocês esperavam, mas é tudo que podemos fazer neste momento. Ano que vem, já com a pandemia superada, o que todos nós esperamos, vamos fortalecer muito mais o esporte em todas as modalidades”, garante.

O presidente do Imperador Galvez, Edener Franco, apresentou uma proposta avaliada e aprovada pela Procuradoria do Estado, que prevê um repasse anual de R$ 1,5 milhão a cada clube, contemplando todas as categorias, ficando o clube obrigado a manter as escolinhas em atividade. A proposta tem aval de todos os dirigentes e foi vista com muita simpatia pelo governador.

Elisson Azevedo, presidente do Atlético, lembrou que a participação dos clubes do Acre em competições nacionais aquece a economia e abre postos de trabalho durante as partidas. O dirigente entregou ao governador uma camisa oficial do clube.

Para o presidente do Rio Branco, Valdemar Neto, a participação do Estrelão na Copa Verde só foi confirmada depois que o governador garantiu o apoio, o que trouxe alívio e segurança para a diretoria, comissão técnica e jogadores. Do dirigente, o governador recebeu um bonés e três camisas oficiais.