O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre) e da Central Estadual de Rede de Frio, montou o plano operacional para o recebimento da vacina contra o coronavírus.

“A construção de uma câmara fria já era um convênio que estava previsto para ser implantado na rede estadual durante o próximo ano. Porém, com advento da pandemia, o governo decidiu acelerar esse processo”, ressalta o secretário de Saúde, Alysson Bestene.

De acordo com a chefe de Imunização e Rede de Frio, Renata Quiles, o setor dispõe de espaço e recursos humanos necessários para a implantação da câmara e distribuição da vacina. Atualmente as vacinas são armazenadas em refrigeradores.  O início da construção está previsto para a próxima semana.

“Estamos com todo o protocolo de implantação pronto. Hoje temos capacidade de receber o quantitativo inicial da vacina contra o coronavírus, que são 136 mil doses. Portanto, o Estado tem condições de dar prosseguimento à implantação da vacina”, ressalta Renata Quiles.

As campanhas de vacinação contra a influenza e contra a covid-19 serão simultâneas, sendo necessária a ampliação do alcance. “Hoje em reunião com a gestão conseguimos definir e agilizar os processos que estavam faltando e está tudo correndo dentro do previsto”, explica a chefe de Imunização.

Confira o plano operacional