A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Esporte e Lazer Garibaldi Brasil (FGB), apoia roda de samba que será realizada nos dias 06 e 13 de dezembro, a partir das 17h no horto florestal. 

“Em 2020 minhas emendas foram direcionadas a ações culturais que reforçam a resistência do movimento cultural nesses tempos sombrios, de ataque ao ser humano. O samba popular livre, além da excelente qualidade artista, reúne música e público que defendem causas importante para a sociedade, como a diversidade religiosa, as diferentes origens sociais e reúne todos, respeita todos”, enfatizou.

O artista e um dos líderes do Movimento Samba Popular Livre Anderson Liguth, conta que o evento está ligado ao dia nacional do samba que é comemorado dia 02 de dezembro. “O Movimento Samba popular livre tem o objetivo claro e definido, de levar a cultura do samba a espaços públicos da cidade a custo zero. Então continuamos dentro dessa atuação e o espaço escolhido foi pensado para atender as orientações sanitárias de saúde, por razão do covid o evento vai ser em espaço aberto”, destacou.

O Movimento Samba Popular Livre existe desde 2018 com uma atuação presente na cidade de Rio Branco. É um movimento formado por músicos, sambistas, não músicos e simpatizantes. A roda de samba acontecia em formato mensal, por conta da pandemia os eventos foram cancelados. Já foi realizado rodas de samba em alguns locais de Rio Branco como: Mercado Velho, Mercado dos Colonos, Rua da África, Casarão e Rua Francisco Mangabeira.