O adolescente Daniel Diógenes da Silva, de 17 anos, morreu com um tiro de espingarda na noite dessa quarta-feira (2) no quilômetro 75 da Estrada Transacreana, na Reserva Chico Mendes, zona rural de Rio Branco. A informação inicial é de que o disparo foi acidental.

Conforme o Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp), um homem foi até a Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) para relatar o ocorrido na noite de quarta. Ele informou que dois adolescentes que estavam acompanhados de um adulto tinham saído naquela noite para caçar.

Em determinado momento, o grupo foi surpreendido por um animal e, ao tentar capturá-lo, um dos adolescentes, também de 17 anos, efetuou um disparo de arma de fogo em direção ao animal, mas o tiro acabou atingindo a vítima.

O 1º Batalhão da Polícia Militar informou que populares da região ainda tentaram socorrer o adolescente, mas ele não resistiu ao ferimento e morreu no local.

O homem que fez a denúncia à polícia levou uma equipe de agentes da DHPP, Polícia Militar e do Instituto Médico Legal (IML) até o local. O adolescente que teria efetuado o disparo não foi localizado pela polícia. O corpo de Silva foi levado para o IML para os devidos procedimentos. Do G1 Ac.