Ao declarar que não irá interferir na escolha do futuro presidente da câmara municipal, o prefeito eleito Tião Bocalon (PP) abre liberdade para os bastidores e o poder de articulação dentre os partidos, que declararam lançar candidaturas a presidência da casa.

Primeira a se manifestar publicamente como uma postulante ao posto, a vereadora de terceiro mandato Lene Petecão (PSD) tem em seu favor a boa relação com 6 colegas que se reelegeram, além de ser irmã do senador Sérgio Petecão, que se trabalhar nos bastidores pode ajudar a desenhar o caminho da vitória da irmã.

Dr.ª Michelle Melo (PDT), vereadora mais votada dentre os que disputaram a eleição em Rio Branco também já se lançou como candidata a presidente. O PSB elegeu três vereadores e aposta em uma boa articulação dentre os parlamentares que estavam no palanque da candidata derrotada Socorro Neri (PSB).

Lima (PP) partido do atual prefeito eleito Tião Bocalon, também elegeu três vereadores, sendo N.Lima um deles. Na tarde desta quarta-feira (2), o presidente municipal do Progressistas: Pastor Reginaldo Ferreira declarou oficialmente que irão sim disputar a condução da câmara.

 Hora é dos bastidores, mas há quem aposte em uma melhor articulação da vereadora Lene Petecão (PSD), que pode se consagrar a nova presidente do parlamento mirim de Rio Branco.