A polícia prendeu, na tarde deste domingo (29), dois jovens suspeitos de esfaquear um motorista de aplicativo que reagiu a um assalto no momento em que estava fazendo uma corrida. Eles foram identificados como Wesley do Nascimento Eleutério, de 21 anos, e Paulo Fernando Souza de Araújo, de 18 anos. 

O representante da categoria, Rodrigo Vale, informou que o motorista foi identificado como sendo Antônio Marcio Saady da Silva. A vítima passou por cirurgia no pronto-socorro da capital acreana e aguarda vaga para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).

O crime ocorreu na Travessa da Cegonha, no bairro Novo Horizonte, em Rio Branco. De acordo com o Ciosp, Eleutério foi preso portando uma arma na Rua Toshiba, mesmo bairro onde o crime aconteceu.

Já Araújo, estava em uma casa onde ocorria uma festa, também nas proximidades de onde o crime ocorreu, foi flagrado com uma mochila contendo duas armas, mas fugiu do local ao perceber a presença do polícia, que não conseguiu achar a mochila. Ele foi preso e levado para a delegacia, confessou que estava na bebedeira, mas não que teria cometido o crime.

Quando foi atingido pelas facadas, Antônio foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), que fez os primeiros atendimentos ao motorista. Ele foi levado para o Pronto Socorro de Rio Branco. Inicialmente, ele foi levado para o hospital sem identificação, já que estava sem documentos.

“Fomos ao local onde tudo aconteceu, vários motoristas de aplicativo. A informação dos populares aqui é que ele foi reagir a um assalto e acabou sendo atingido por várias facadas. Ele ainda teria saído do carro, caído no chão e o cara continuou desferindo os golpes contra ele. Foi levado para o PS e está na sala de cirurgia”, disse o representante.