O governador Gladson Cameli esteve em visita aos bairros de Rio Branco na tarde desta quinta-feira, 19, com o intuito de verificar as condições de infraestrutura e providenciar soluções junto ao Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre). As ruas Shalon, no bairro Santa Inês, e Jovem, no bairro Vitória, foram pontos de avaliação do chefe do Executivo.

Na ocasião, o governador conversou com moradores sobre as condições das ruas e ouviu atentamente as demandas. Também manifestou preocupação e pediu o apoio da comunidade no combate à Covid-19. “Eu estou muito preocupado com a Covid. As pessoas têm que me ajudar porque senão não vai ter hospital para todo mundo”, disse.

Gladson também recebeu feedback da gestão e foi elogiado por integrantes dos bairros. O professor de Ciências e Biologia, Antônio Eduardo Melo, é morador da rua Shalon no bairro Santa Inês desde 2015 e destacou que o trabalho desenvolvido pela equipe de governo tem sido realizado a contento, mesmo diante da pandemia. “A pandemia atrapalha todo mundo. Você vê que a educação praticamente está paralisada. Nós estamos dando aulas remotas, via online, mas o trabalho em si do governador está ótimo, estou gostando demais”, afirmou.

Na rotatória da Corrente, o governador recebeu as informações da equipe do Deracre sobre os estudos em andamento para a construção de um viaduto, bem como de uma trincheira. Os equipamentos urbanos possibilitarão a desobstrução do trânsito na região.

Novas máquinas

Na sequência, Gladson realizou uma vistoria nas primeiras 45 máquinas de terraplanagem que se encontram em fase de revisão e pintura. Este é o primeiro lote das 110 máquinas adquiridas pelo Estado para recuperação de ramais e trabalhos de infraestrutura urbana. Somente no primeiro lote, foram investidos R$ 20.189.000,00. No total, as 110 máquinas representam o investimento de R$ 60 milhões.

O diretor de operações do Deracre, Ronan Fonseca Lemos, explicou que todas são máquinas para terraplanagem pesada e possibilitam a execução de trabalhos em ramais e vias urbanas. Entre os equipamentos estão cavalos mecânicos traçados, semirreboques tipo prancha baixa, semirreboques basculante, carregadeiras sobre rodas, escavadeiras hidráulicas e moto niveladoras.

“Estão fazendo primeiro essa revisão de chegada e em seguida será feita a entrega técnica. Mas antes de fazer essa entrega para o órgão, as máquinas serão padronizadas nas cores do Governo do Estado para facilitar a identificação quando estivermos trabalhando”, explicou o diretor.

O governador frisou que as máquinas não atenderão apenas os ramais, mas todas as obras de infraestrutura do estado. “No verão vão atender os ramais, as estradas vicinais e no inverno os bairros, as ruas, melhorar o acesso para que, junto com o Deracre e todos os órgãos, possamos facilitar a vida das pessoas. As máquinas estão sendo padronizada para que todos saibam que essas máquinas são públicas, do Estado e a finalidade deve ser o bem público”, ressaltou.

O presidente do Deracre, Petrônio Antunes, explicou que Gladson Cameli recebeu o governo praticamente sucateado, com as máquinas todas paradas e que o investimento trará vida ao setor de infraestrutura do estado, dando condições para que a equipe possa manter os ramais e rodovias trafegáveis. “Essa primeira parte é de terraplanagem e ainda vai ter outra aquisição que será a parte de pavimentação com mais máquinas. São 110 máquinas que vão trazer um gás novo para que possamos atender a população, principalmente da zona rural”, afirmou.