Durante a sessão remota desta quarta-feira (18) a deputada MDBista chorou em sua fala no grande expediente, ao relatar a situação em que disputaram a eleição em Cruzeiro do Sul onde seu filho Fagner disputou e foi derrotado pelo candidato Progressista Zequinha Lima.

A deputada desejou boa sorte aos vencedores e disse esperar que eles solucionem os muitos problemas que a cidade apresenta.

“Eu estou magoada não pela derrota, porque em uma democracia a derrota é parte do jogo. Eu só queria esclarecer algumas situações que enfrentamos durante esses tempos, onde eu e minha família fomos alvos de uma campanha suja de desinformação. Sempre trabalhei e me dediquei ajudar aos mais necessitados e o que fizeram comigo foi algo doloroso”, disse chorando a deputada.

Antônia lamentou as acusações contra ela e o presidente da ALEAC Nicolau Júnior (PP), que segundo ela sofrem acusações de pessoas irresponsáveis, que acusam e julgam previamente pessoas idôneas.