O jovem Bruno de Almeida, de 19 anos, foi morto na noite dessa segunda-feira (16), no bairro Albert Sampaio, em Rio Branco, com pelo menos três disparos de arma de fogo. Crime ocorreu por volta das 22h30.

O pai de Almeida, João Ramos, não soube dar detalhes sobre a causa da morte do filho. Em conversa com a Rede Amazônica Acre e muito abalado com a perda, ele apenas contou que ouviu os disparos.

“Estava em casa e escutei uns tiros, às veze4s a gente escuta tiros, essas coisas e no momento eu falei para a minha esposa, você ouviu? Ela disse: ‘ouvi’”, contou.

Ramos contou que ouviu pelo menos seis disparos dos quais três atingiram o jovem e depois recebeu a notícia que a vítima tinha sido o filho dele.

“Deram três tiros e depois mais três. Mas, não imaginava que teria acontecido alguma coisa com ele. Há vários dias, meses eu dizia para ele sair dessa vida. Mas, ele nunca me obedecia e aconteceu o que aconteceu”, relembrou emocionado.

Corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para realização dos exames cabíveis.

Por Alcinete Gadelha, G1 Acre