Com a maior aliança de partidos e apoio de importantes setores da sociedade, a chapa Zequinha e Henrique fez uma campanha redonda, colocando propostas centrais para desenvolver a cidade, o que conquistou a maioria do eleitorado. Sem cair no jogo do adversário que chamava para o ring com provocações e acusações, Zequinha buscou o bom debate e assim se livrou de uma campanha do bate e leva.

Na pesquisa espontânea, quando os entrevistados são questionados sem citar nomes, Zequinha Lima, aparece com 42,3% das intenções de votos, seguido de Fagner Sales com 22,1% e Sargento Adônis com 18,5%. Para nenhum ou nulo a pesquisa aponta 4,3% e aos que não sabem aparece com 12,7%.

Quando apresentados os nomes dos candidatos (cenário estimulado), Zequinha aparece em primeiro lugar com 44,8%, seguido de Fagner Sales com 24,1% e depois Adônis com 20,3%. Votos nulo representam 3.6% e os que não sabem 7,1%.

Em Pesquisa do Instituto DATA CONTROL, divulgada hoje sexta-feira, 13, no município de Cruzeiro do Sul, Zequinha e Henrique lideram em todos os cenários.

Na pesquisa espontânea, quando os entrevistados são questionados sem citar nomes, Zequinha Lima, aparece com 42,3% das intenções de votos, seguido de Fagner Sales com 22,1% e Sargento Adônis com 18,5%. Para nenhum ou nulo a pesquisa aponta 4,3% e aos que não sabem aparece com 12,7%.

Quando apresentados os nomes dos candidatos (cenário estimulado), Zequinha aparece em primeiro lugar com 44,8%, seguido de Fagner Sales com 24,1% e depois Adônis com 20,3%. Votos nulo representam 3.6% e os que não sabem 7,1%.

Com maior rejeição entre os candidatos, encontra-se Fagner Sales, com 44,5%.
Foram entrevistados 605 entre os dias 10 e 11 de novembro. A confiança é de 95%, e margem de erro, 4% para mais ou para menos. A Pesquisa encontra-se registrada no TER com o número AC-01071/2020.