A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, avança com a recuperação e construção de pontes e passarelas tanto no perímetro urbano quanto na zona rural.

O secretário de Infraestrutura, Edson Rigaud, informou que as pontes de madeira demandam manutenção permanente. A ideia da gestão municipal é substituir todas as pontes de madeira por edificações em concreto armado com estrutura metálica.

“De forma gradual vamos substituir esses equipamentos por pontes em concreto que são mais duráveis e resistentes. Substituindo dessa forma, a gente vai aliviar essa pressão de manutenção que hoje existe. A Prefeitura estará lançando 12 licitações ainda este ano, outras 88 pontes e passarelas estão sendo mapeadas para essas mudanças”, observou Rigaud.

A recuperação de pontes faz parte da proposta da administração, que é gerar acessibilidade para moradores no seu deslocamento, principalmente no inverno, como também fortalecer a agricultura familiar com a diversificação rural e, assim, continuar gerando mais empregos e renda no campo.

Os serviços de infraestrutura estão sendo realizados em todo município.

A Prefeitura realizou intervenções em pontes na zona urbana, incluindo as pontes dos parque da maternidade, tucumã e outras do perímetro urbano. As que abrangem a área rural e as passarelas também estão sendo feitas a manutenção.

A conclusão da obra da ponte sob o Igarapé Redenção, localizada no ramal do Quixadá com 52 metros de extensão, toda em alvenaria e com guarda corpo, era uma reivindicação antiga dos moradores.