Muito em breve, Cruzeiro do Sul será referência na produção de energia solar. Nesta quinta-feira, 29, o presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, Leandro Domingos, anunciou a construção da maior e mais moderna usina fotovoltaica da Amazônia localizada nas dependências do Centro de Turismo e Lazer do Serviço Social do Comércio (Sesc). 

Os números são grandiosos. Ao todo, serão implantadas 2.550 placas em uma área de quase 7 mil metros quadrados. Dotada de tecnologia 100% sustentável, a usina tem capacidade de gerar até 1 megawatt de energia solar. Quantidade suficiente para abastecer 455 residências com consumo médio mensal de 250 kWh.

Entusiasta do progresso social e econômico do estado, Gladson Cameli parabenizou o Sistema Fecomércio por acreditar no potencial energético da região e enfatizou que iniciativas como esta tem o total apoio de seu governo. Para o gestor, a contribuição do setor privado é fundamental para alavancar o desenvolvimento do Acre.

“Meus olhos brilham quando vejo investimentos como este. Gostaria de parabenizar a Fecomércio por este arrojado investimento, que vai gerar emprego e renda na região do Juruá. São investimentos como este que o nosso estado precisa para crescer e eu reconheço o importante papel que a iniciativa privada representa para que tenhamos um Estado cada vez mais forte e próspero para todos”, destacou Cameli.

Ex-funcionário do Sesc, Major Rocha lembrou a relevância histórica do Sistema S ao país, sobretudo, aos trabalhadores do comércio. Em relação a usina produtora de energia solar, o vice-governador argumentou que a localização geográfica do Acre é muito privilegiada.

“O nosso estado está próximo da linha do Equador, região com alta incidência de radiação solar durante o ano inteiro. Temos um potencial gigantesco e que o Sistema Fecomércio vai saber aproveitar muito bem. Com certeza, esse parque será um modelo positivo de energia limpa e renovável em plena região Amazônica”, comentou.

De acordo com Leandro Domingos, o investimento na usina fotovoltaica é de, aproximadamente, R$ 5,5 milhões. O presidente revelou também que toda a energia gerada no complexo será consumida por todas as unidades do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC. Com recursos na ordem de R$ 2,5 milhões assegurados para 2021, um novo parque solar será construído em Rio Branco.

“O nosso consumo de energia elétrica é muito grande e fomos buscar na energia solar essa alternativa. Estou muito confiante que esta nossa iniciativa servirá como um modelo piloto para o Departamento Nacional do Sesc irradiar essa ideia para outros estados que têm o mesmo problema de geração de energia elétrica e do seu alto custo”, declarou.

Fizeram-se presentes na solenidade o vice-presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, Marcos Lameira; a secretária estadual de Comunicação, Silvania Pinheiro; o secretário estadual de Produção e Agronegócio, Edvan Maciel; e o prefeito de Rodrigues Alves, Jailson Amorim.