Nesta sexta-feira, 30, na sede da secretaria Municipal de Saúde, o magistrado vai se reunir com candidatos a prefeito do município para tratar da aglomeração de pessoas em eventos políticos. Em seguida, dará entrevista para a imprensa local, na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Cruzeiro do Sul, onde deverá anunciar medidas a serem adotadas.

Em Cruzeiro do Sul, há 3.614 casos de coronavírus. No Hospital de Campanha havia 8 pacientes com Covid-19 na última segunda-feira, já na terça, haviam 14 internados e nesta quarta-feira, 28, continuaram os 14, sendo 6 na Unidade de Terapia Intensiva – UTI.

Em setembro, durante 5 dias, a UTI do Hospital de Campanha chegou a ficar sem pacientes. O diretor do Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul, médico Marcos Lima, e a secretária municipal de saúde, enfermeira Janaína Negreiros, já externaram preocupação quanto à possibilidade da segunda onda de Covid-19 no município.

Janaína, que será a anfitriã da reunião entre os candidatos e o juiz Marlon Machado, disse que é inegável a relação dos eventos políticos com o aumento do número de internação e complicação de casos de Covid-19 no município e que é necessário agir.

“O Comitê Municipal de Covid já havia se reunido nessa terça-feira por causa do aumento das internações, aí houve esse contato do juiz, Dr. Marlon, com essa pauta de aglomeração para tratar com os candidatos sobre aglomeração em eventos políticos. Temos que tomar medidas para evitar sim essa segunda onda de Covid em Cruzeiro do Sul”.

Nos últimos dias, os candidatos a prefeito de Cruzeiro do Sul realizaram grandes eventos, como passeatas , carreatas e comícios, que reúnem milhares de pessoas, sendo a maioria sem máscaras. Dos três candidatos, apenas um (na maioria das vezes), utiliza máscaras em eventos públicos.

ac24horas