O governo do Acre, por meio do Instituto de Terras do Acre (Iteracre), realizou na manhã desta quarta-feira, 28, a entrega de 52 títulos de propriedade para moradores dos bairros Boa União, Jorge Lavocat, Glória e Pedro Rozeno.

O governador Gladson Cameli participou da solenidade de entrega e agradeceu aos servidores do instituto pelo trabalho realizado. E destacou que com o título de propriedade é possível que o morador tenha acesso a crédito imobiliário em diversos bancos.

“O que pudermos fazer para encaminhar e entregar os títulos para os moradores terem a garantia de posse de onde já vivem, será feito. Sei como esse documento é importante. Peço o apoio dos servidores, que continuem realizando esse ótimo trabalho para benefício da nossa população”, afirmou.

De acordo com o diretor presidente do Iteracre, Alirio Wanderley Neto, o número de títulos entregues foi reduzido devido à pandemia do coronavírus, a fim de evitar aglomerações. “Até o final do ano pretendemos entregar mais de dois mil títulos de propriedade, os próximos bairros contemplados serão a Sobral e o Montanhês”, ressaltou.

Os títulos entregues são registrados em cartório e garantem ao morador a posse legal da propriedade. 

Maria Souza da Costa, moradora do bairro Jorge Lavocat, foi uma das pessoas contempladas com o título de propriedade. “Esperei mais de 20 anos acontecer essa regularização, estou muito feliz agora; com documento posso fazer muitas coisas”, disse.

Eliane Alves, moradora do bairro Boa União, também recebeu o titulo de seu imóvel. “Agora tenho uma segurança, esperei dez anos por essa regularização, estou construindo minha casa e com os documentos fico mais tranquila”, relatou.

A regularização das terras urbanas e rurais são importantes para que os governos possam ofertar serviços públicos, como a melhoria da infraestrutura dos bairros. A regularização fundiária é requisito essencial para a segurança jurídica, reduzindo conflitos pela posse da terra, além de promover a responsabilização ambiental.