A senhora Maria José Neves da Silva 46 anos e moradora de Guajará, mostra os lábios inchados e marcas pela face. Segundo ela fala no vídeo o seu esposo seria o autor das agressões e lamenta por saber que um advogado, que atende pelo nome de Isidio Fonseca, estaria a serviço de Marcio Ribeiro, para tentar soltar o mesmo.

“Olha aqui a situação que estar meu rosto, isso aqui foi espancamento. Eu botei ele na cadeia e seu Márcio estar mandado o DR.º Isidio ir lá soltar. Qual é a segurança que a gente como mulher tem nesse município? A gente como mulher apanha do marido e alguém vai lá e manda soltar. Qual é a segurança que a gente vai ter com um homem desse como prefeito, me diz? Deus vai fazer a justiça; em nome de Jesus”, desabafa a mulher indignada.

Pela lei Maria da Penha, é crime qualquer conduta que: cause dano emocional e diminuição da autoestima; prejudique e perturbe o pleno desenvolvimento da mulher; ou vise degradar ou controlar suas ações, comportamentos, crenças e decisões.

Procuramos fazer contato com o candidato Marcio Ribeiro e com o advogado Isídio Fonseca; ambos citados por dona Maria José, mas não obtivemos sucesso. O espaço estar aberto caso tenham interesse em se manifestar sobre as acusações.

Veja o Vídeo: