Tendo em vista a pandemia do Novo Coronavírus, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Coordenadoria dos Cemitérios da Capital, está pedindo às famílias que pretendem visitar os locais onde têm parentes sepultados que se antecipem ao dia 2 de novembro, ou deixem para fazê-lo após esse dia.

A medida visa evitar a aglomeração de pessoas nos cemitérios da cidade no dia destinado aos mortos, como forma de evitar a propagação da Covid-19, que já infectou milhares de pessoas em Rio Branco, causando inclusive a morte de várias delas.

Segundo Dunga Meirelles, coordenador dos quatro cemitérios públicos da cidade, no dia 2 de novembro, ao contrário dos anos anteriores, não haverá a interdição das ruas que circundam os cemitérios, nem a celebração da tradicional missa, bem como será exigido o uso de máscara às pessoas que pretendem acessar esses locais.

“Caso a pessoa venha a esquecer sua máscara em casa, nós estaremos fornecendo para que ela possa ter acesso”, explica, Meirelles, acrescentando que a administração municipal disponibilizará álcool em gel para as pessoas que forem a esses locais visitar seus entes queridos.

Finalizando, Meirelles enfatiza que as medidas estão sendo adotadas para evitar aglomeração leva em consideração o Decreto n° 229, de 29 de março de 2020.