O governador Gladson Cameli fez uma visita institucional ao presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma da Silva, nesta quarta-feira, 21. Na oportunidade, o gestor enalteceu o trabalho do magistrado e de sua equipe na condução da Corte.

A reunião realizada na sede do TJAC contou com a presença do vice-presidente do tribunal, Laudivon Nogueira, e do corregedor-geral, Júnior Alberto Ribeiro. Os futuros presidente da Corte, desembargadora Waldirene Cordeiro, vice-presidente, Roberto Barros, e corregedor-geral, Elcio Sabo Mendes também acompanharam o encontro.

Cameli estava acompanhado do secretário de estado da Casa Civil, Ribamar Trindade, e destacou a postura democrática de Francisco Djalma em prol da independência e harmonia entre os poderes. O governador lembrou ainda do esforço do presidente do TJAC na promoção da Justiça e do desenvolvimento de ações em prol da sociedade acreana.

“O desembargador tem todo o meu respeito e admiração por sua conduta ilibada. Desde o início do nosso governo, o Poder Judiciário tem sido um grande parceiro. Esta minha visita é justamente para reconhecer os seus esforços e dizer o meu muito obrigado”, enfatizou Cameli.

A gestão do desembargador Francisco Djalma na presidência do órgão termina em fevereiro de 2021. Para o magistrado, conduzir o Poder Judiciário foi um dos maiores desafios de sua carreira. A despeito das dificuldades que o Acre atravessa, o desembargador afirmou estar satisfeito com sua administração.

“Foi uma grande satisfação ficar à frente da instituição e agradeço a confiança dos colegas para que pudéssemos administrar o Poder Judiciário nos últimos dois anos. A avaliação que faço é positiva, mesmo considerando a questão da pandemia e da dificuldade financeira do Estado. Dentro dos recursos que nos foram repassados, fizemos tudo o que foi possível”, argumentou.