Dois criminosos roubaram um táxi e mantiveram o taxista refém na noite dessa terça-feira (20), em Rio Branco. Na ação, eles foram até o bairro João Eduardo I, onde atiraram contra dois homens que estavam na rua. Darlan Menezes de Araújo, de 26 anos, morreu no local e Ícaro Gustavo da Silva Farias, de 19 anos, ficou ferido.

O Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) informou que o taxista foi abordado por um casal na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Sobral pedindo que fosse levado até o bairro Plácido de Castro, também da região da Baixada.

Quando chegaram no endereço, dois homens armados já anunciaram o assalto e colocaram um capuz na cabeça do taxista. Um deles assumiu a direção do carro e o outro ficou na parte de trás junto com a vítima.

Eles foram até a rua Ana Nery, no bairro João Eduardo onde estavam os jovens. Ao avistar as vítimas, o homem que estava no banco traseiro sacou a arma e efetuou vários disparos contra os dois. Araújo foi atingido com tiros na cabeça e Farias foi baleado na perna.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e ao chegar no local Araújo já estava sem vida. Farias foi levado para o pronto-socorro de Rio Branco em estado estável e o corpo de Araújo para o Instituto Médico Legal (IML)

À polícia, o taxista de 50 anos, contou que após os disparos, os criminosos deixaram o local e foram em direção ao bairro Cabreúva. Antes de descer do carro, os dois ainda roubaram o celular, a máquina de cartão e R$ 110. O taxista não ficou ferido. Do G1 Acre.