O Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp), foi mais uma vez acionado para auxiliar em uma operação de resgate de paciente. Utilizando o Hárpia 02, avião modelo Sêneca , a equipe do Ciopaer transladou, de Assis Brasil para Rio Branco, uma pessoa vitimada por de disparo de arma de fogo.

Segundo informações da PM, a vítima, que é um militar, estava com a arma na cintura lavando um carro à frente da residência onde mora e, ao se abaixar, houve um disparo acidental.

O coordenador do Ciopaer, Nicke Trindade, explicou que a solicitação partiu do Comando-Geral da Polícia Militar, porque o paciente era um policial lotado no batalhão da fronteira. Depois de receber o pedido de resgate, o Ciopaer designou a tripulação para a tarefa, que foi realizada em menos de duas horas. De carro, o transporte da vítima até a capital iria demorar mais de oito horas.

“Logo que recebemos a solicitação, organizamos a operação, que mais uma vez se deu sem nenhum sobressalto. A determinação do governador e do secretário de Segurança é sempre atendermos às demandas do estado e felizmente conseguimos trazer o paciente para a capital no menor tempo possível”, relata o coordenador.

Com apoio do Samu, o paciente, já estabilizado, deu entrada no pronto-socorro da capital, onde atendido e a seguir transferido para enfermaria, permanecendo internado.