O juiz da 4ª Zona Eleitoral do Município de Cruzeiro do Sul, Marlon Martins Machado, julgou improcedente a ação de impugnação de candidatura em desfavor de Jailson Pontes de Amorim, proposta pelo Ministério Público Eleitoral e pelo também candidato a prefeito de Rodrigues Alves, Emerson Soares Pereira.

A ação foi movida sob o fundamento de que pesa sobre o candidato Jailson Amorim causa de inelegibilidade por ter exercido o Cargo de Prefeito Municipal por dois mandatos, além de condenação eleitoral inserida no Sisconta.

Houve também a apresentação de duas notícia de inelegibilidade formuladas pelos cidadãos Josinei Bezerra Pequeno Correia e Monica Maria Matias da Silva, os quais também alegaram a inelegibilidade do candidato Jailson, tendo em vista que este teria substituído o titular nos seis últimos meses do primeiro quadriênio (2013/2016), sucedendo-o também no segundo quadriênio (2017/2020), em decorrência do falecimento do titular, tendo apresentado documentos comprobatórios dessa primeira substituição.

Além disso, o candidato à prefeito Emerson Soares, que tem se mostrado um grande perseguidor aos concorrentes também impugnou a candidatura de Jailson, sob os mesmos argumentos de inelegibilidade para um terceiro mandato de Prefeito, o que diante da sentença do juiz, isto não procede.

Após devidamente citado pelo mural eletrônico, o candidato Jailson apresentou sua defesa e mostrou por A mais B que não era da forma como foi dito sob juntada de documentos públicos. 

Ante o exposto, o juiz Marlon julgou improcedente as ações de impugnação formuladas, bem como DEFERIU o pedido de registro de candidatura de Jailson Pontes de Amorim, para concorrer ao cargo de Prefeito, sob o número 90, com a seguinte opção de nome: Jailson Amorim.

Por conseguinte, estando igualmente regular o pedido ao cargo de Vice-Prefeito a este vinculado, conforme se observa do Registro de Candidatura n. 060086795.2020.6.01.0004, foi deferido o registro da Chapa Majoritária requerida pela Coligação “Juntos por Rodrigues Alves”.

Clique aqui e veja o documento: O juiz julgou improcedente a ação de impugnação da candidatura de Jailson Amorim