Assessoria – O secretário de Estado da Fazenda do Acre, Rômulo Grandidier, esteve reunido esta semana com empresários da capital com o intuito de estreitar o relacionamento entre os diversos segmentos, trocar ideias, experiências e propor a criação de um conselho consultivo.

Estavam em pauta temas de interesse do setor empresarial, como a desburocratização dos serviços prestados pela Secretaria de Fazenda, as demandas dos segmentos, bem como pontos ligados à situação econômica do estado e a importância das partes envolvidas no aumento da arrecadação e eventuais dúvidas sobre a legislação tributária, conforme destacou Breno Caetano, secretário-adjunto da receita estadual.

Outro ponto importante é a parceria entre a classe empresarial e a Secretaria da Fazenda, no intuito de formar o Conselho Consultivo que envolva um representante de cada classe das diversas áreas, com o foco na organização e no posicionamento de mercado, além de fortalecer o diálogo com o Estado.

“Consideramos que a classe empresarial tem contribuído substancialmente com o desenvolvimento econômico do estado. Nosso intuito é fortalecer a parceria para que possamos simplificar os problemas burocráticos, para que o estado possa crescer e contribuir com a iniciativa privada na geração de emprego e renda para a população”, destaca Rômulo Grandidier, secretário da Fazenda.

O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Acre (Federacre), Rubenir Guerra, disse que a reunião foi uma oportunidade de aproximação entre os empresários e o Poder Executivo.

“O objetivo do conselho é fomentar os segmentos, defendendo e fortalecendo as atividades como fator importante para a economia do estado do Acre”, explica Guerra.