Com ar-condicionado e muito conforto, ônibus articulados e biarticulados fortalecem o atendimento para a população de Rio Branco, desde o centro até os bairros mais afastados da capital. Nesse sentido, os aplausos da população são extensivos também aos terminais de integração, construídos pela Prefeitura e que reduziram drasticamente o tempo de espera das linhas troncais (acesso ao terminal urbano).

A população das cidades está crescendo num ritmo muito rápido e, da mesma forma, amplia a necessidade de mobilidade. Essa demanda não pode ter como solução o transporte individual em todos os casos. Os ônibus fazem parte da solução para os desafios do tráfego, especialmente nas grandes cidades.

A Prefeitura de Rio Branco vem trabalhando de forma intensa para garantir um atendimento humanizado e seguro para os usuários do transporte coletivo. Esse esforço do poder público tem a simpatia da população que, que reconhece e agradece pelos serviços disponibilizados no âmbito do transporte público na área do terminal Adalberto Sena.

“Quando esse trabalho começou eu desconfiava e achava ele ruim, mas com a melhoria que a Prefeitura fez, agora, eu acho que tá muito bom, sim, tá muito bom”, disse a estudante Leusibete Silva.

O servidor público Raimundo Borges, todo dia precisa levar o filho para tratamento. E segundo colocou, tudo mudou para melhor, não só para ele, mas especialmente para o filho cadeirante e para outras pessoas. “Eu dependo desse transporte para ele fazer a fisioterapia no Into, então para mim foi maravilhoso para ele melhor ainda, não tem aquela agonia, isso tudo foi uma grande mudança promovida pela Prefeitura”, frisou.

“Com certeza melhorou bastante, agora não demora mais para a gente pegar o coletivo e com isso a gente não chega mais atrasada no trabalho. É tudo de bom esse ônibus e o modelo de serviço, estou satisfeita”, observou a dona-de-casa Maria Cardoso.

Milene Marques, trabalha no transporte público há 20 anos, passou por vários setores da empresa e agora tem a responsabilidade de levar e trazer pessoas de diferentes vivências pelas ruas da capital acreana. Há poco mais de um ano, ela, dirige o ônibus biarticulado da linha troncal que liga o terminal de integração Adalberto Sena ao Terminal Urbano e, fala com orgulho da profissão que escolheu. “Olha é uma responsabilidade grande, porque, a vida de cada um tá na mão da gente, tem que ter cuidado, tem que ter o amor para poder transportar todos com carinho e dedicação”, observa.

Todo trabalho é acompanhado pela RBtrans, tanto nos bairros como nos terminais. “Nossa função é orientar e fiscalizar para garantir um transporte digno, humanizado e com segurança para os usuários”, ponderou o agente de trânsito Raimundo Nonato.