O Prefeito Clodoaldo Rodrigues autorizou a criação, em caráter de excepcionalidade, de um abono salarial para os servidores e funcionários do quadro municipal da saúde pelos serviços prestados na linha de frente do combate à COVID-19. A lei foi aprovada pela Câmara Municipal de Vereadores de Cruzeiro do Sul.

O abono salarial será pago durante quatro meses, no valor de R$200, em folha de pagamento suplementar. Serão contemplados os servidores que atuam nas recepções, cuidados e atendimentos, ou que tenham contato direto ou indireto com os pacientes infectados com o Covid-19.

A lei entra em vigor nesta quinta-feira (15), retroagindo seus efeitos a 1º de setembro de 2020. Todas as despesas decorrentes, com a execução da lei ocorrerão por conta das dotações orçamentárias próprias.

O Prefeito Clodoaldo Rodrigues destacou a importância da valorização dos servidores que atuaram na linha de frente neste período.

“Temos que valorizar essas pessoas, que se doaram em prol da população cruzeirense, atuando na linha de frente do combate ao Covid-19. Fiz questão de apresentar esse projeto para pagar o abono para eles. Agradeço aos vereadores que foram sensíveis, e viram a importância de ajudarmos esses profissionais neste momento tão delicado”, destacou.