Brasil 247 – A brasileira Giselle Barreto Fetterman, casada com o vice-governador da Pensilvânia, John Fetterman, e, portanto, segunda-dama do estado, disse à CNN que sofre racismo e xenofobia constantemente nos Estados Unidos.

“Eu sempre recebi muito mais cartas de ódio, 10 vezes mais que meu marido. Sempre foi assim, por [eu] ser imigrante”, falou.

Na segunda-feira (12), Giselle publicou um vídeo no qual flagrou uma racista disparando ofensas contra ela. A segunda-dama contou que, apesar dos ataques, conseguiu filmar o ocorrido em meio às lágrimas. “Estava fazendo compras, normalmente eu tenho um time de segurança, era um domingo de chuva e eu tinha liberado eles porque eu queria comprar uns kiwis, o mercado é a três minutos da minha casa. Eu estava na fila para pagar e ela começou a me ofender. Disse que eu não deveria viver aqui, me chamou de palavras horríveis, me chamou de ladra, e continuou me agredindo dentro do mercado, eu paguei as compras, saí e ela me seguiu até o carro. Eu estava chorando, mas eu consegui no finalzinho gravar a situação”.