Nesta terça-feira, 13, em ação conjunta entre governo do Estado e Prefeitura de Rio Branco, por meio do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), foi recuperada a rede de esgotamento sanitário que rompeu na Avenida Ceará, no trecho próximo à rua Omar sabino. O problema foi decorrente de erosão de solo.

A ação mobilizou 18 profissionais, entre trabalhadores do setor de manutenção da rede coletora de esgoto do Depasa e de manutenção da rede de drenagem do município de Rio Branco.  A estrutura contou com máquina retroescavadeira, caçamba e compactador de solo. Para qualidade do resultado final do trabalho, colchão de areia foi feito para proteger os tubos durante o serviço de compactação para finalização do serviço. O trabalho foi concluído com a correção na rede de drenagem e recomposição do pavimento.

“A Ceará é uma avenida de grande fluxo de veículos e esse é o tipo de problema que se não for corrigido rapidamente pode até causar acidentes. Trabalhando em conjunto a gente age mais rápido”, enfatizou o encarregado da equipe de drenagem da Prefeitura de Rio Branco, Argemiro Sales.

Após a execução do serviço na Avenida Ceará, a equipe de manutenção da rede coletora de esgoto seguiu para a Rua Valdomiro Lopes, no bairro Conquista, para realizar limpeza do ramal e recuperação de uma caixa da rede do local.

Manutenção da rede coletora de esgoto

O sistema de esgotamento sanitário de Rio Branco é formado por uma estrutura complexa, que inclui estações de tratamento tamanho padrão e mais de 40 estações compactas estruturadas para atender principalmente conjuntos habitacionais, além de fossas-filtro, que coletam esgotos de bairros e sistemas interligados de coleta de esgoto.

As manutenções preventivas e corretivas mobilizam, diariamente, dezenas de profissionais, entre gestores, técnicos, operadores de estações, encanadores, eletricistas, motoristas e serviços gerais. O trabalho inclui desobstrução da rede e caixas de coleta, além da recuperação de trechos danificados. “É um grande esforço diário, sempre como objetivo de garantir o pleno funcionamento do sistema e o atendimento que nosso usuário precisa e espera receber”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Luiz Felipe Aragão.

Para a execução dos serviços, a Divisão de Sistema de Esgotamento Sanitário do Depasa (Dives) trabalha de forma sincronizada com o sistema de atendimento da Central de Serviço Público (OCA). O trabalho é realizado conforme programação diária, que atende também a demandas urgentes solicitadas pelos usuários. Para melhor otimização dos recursos, a estratégia é atuar de forma regionalizada e em parceria com demais órgãos do poder público.