O corpo do menino Luiz Fernando Oliveira da Silva, de 11 anos, foi achado pelo Corpo de Bombeiros no Rio Môa, em Cruzeiro do Sul, nesta terça-feira (13). A criança tinha desaparecido nas águas na tarde dessa segunda (12).

Equipes do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros começaram a fazer as buscas ainda na tarde de segunda, mas não tinham conseguido localizar o menino. Nesta terça, após cerca de 30 minutos de mergulho, os bombeiros acharam o corpo já em estado avançado de decomposição, por conta dos peixes, por volta das 9h15.

A criança tomava banho com o padrasto próximo à ponte do rio quando, em determinado momento, os dois caíram em uma parte mais funda do manancial. Segundo o Corpo de Bombeiros, o padrasto conseguiu sair da água, mas a criança acabou desaparecendo. Populares ainda tentaram resgatar o menino, mas, devido à forte correnteza, não conseguiram e acionaram os bombeiros.

O tenente dos bombeiros Ivan Rocha, responsável pela equipe de buscas, fez um alerta para as pessoas terem cuidado ao tomar banho em rios. Segundo ele, nesta época do ano, por conta do calor intenso, os populares acabam procurando os rios para se refrescar, mas esquecem dos perigos.

“É preciso ter muita atenção, principalmente nesses locais de rio, onde tem correnteza. Esse local do afogamento do menino, por exemplo, não tem visibilidade e a correnteza é forte. Então, a atenção deve ser redobrada, as pessoas que não sabem nadar, principalmente as crianças, precisam estar usando colete, e os adultos que estão acompanhando crianças devem redobrar a atenção para evitar esses acidentes”, afirmou Rocha. Do G1 Acre.