O governador Gladson Cameli se reuniu em Brasília com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, na manhã desta terça-feira, 6, para pedir apoio ao Estado do Acre com relação às queimadas que geralmente ocorrem na época do inverno amazônico.

Na audiência com o ministro, o governador comunicou o crescimento do número de focos de incêndio e a dificuldade do Estado para fazer frente às queimadas anuais, e solicitou que fosse feita uma parceria entre Estado e União, para a fiscalização e combate aos incêndios nas áreas de risco. Cameli pediu que o ministro olhasse com carinho a situação de milhares de acreanos que sofrem com as queimadas.

Cameli propôs ainda ao ministro que, para cada posto avançado dos bombeiros que esteja próximo às unidades de conservação, o ministério envie um caminhão-tanque completo para combate a incêndios. Olhando o mapa do estado, o ministro disse que poderá enviar um total de dez caminhões-tanque para o Acre.

Gladson Cameli ainda convidou o ministro para fazer um sobrevoo no estado para verificar de perto a situação atual das queimadas e o que está sendo feito com os poucos recursos disponíveis.

Também participaram da reunião o procurador-geral do Estado, Paulo Setti; o representante do Acre em Brasília, Ricardo França; e o comandante do Corpo de Bombeiros do Acre, coronel Carlos Batista.