O candidato que disputava vaga de vereador em Rio Branco foi preso no sábado (03) pela Polícia Civil, acusado de ser estelionatário e aplicar golpes em diversas pessoas na capital.

Veja a nota do PSB – Partido Socialista Brasileiro

O Partido Socialista Brasileiro – PSB, ao tomar conhecimento a partir de matérias jornalísticas e averiguação de boletim de ocorrência na delegacia de flagrante a respeito do candidato a vereador da Sigla Airton Gabriel, preso nesta data acusado de estelionato, afirma que tal conduta não condiz com seu Estatuto, Manifesto e Código de Ética. Assim, decide afastar o mesmo de suas atividades partidárias até que se apure a veracidade dos fatos.

Rio Branco, 03 de outubro de 2020.