Lorayne de Souza foi condenada a mais de 13 anos pela morte da adolescente Ana Beatriz Lisboa do Nascimento, de 15 anos, em julho de 2017. O resultado do júri popular, que ocorreu no último dia 22 de setembro, foi divulgado pelo Ministério Público do Acre (MP-AC) nessa quinta-feira (1).

A adolescente foi achada morta a golpes de facada no dia 14 de julho de 2017 no bairro Rui Lino 2, em Rio Branco. Na época, a Polícia Militar informou que vizinhos escutaram a menina pedir ajuda e dizer que estava sendo perseguida por duas mulheres com uma faca.

Conforme a denúncia do MP-AC, Lorayne e uma adolescente de 17 anos eram de uma organização criminosa e ficaram sabendo que a vítima estava namorando com o integrante de uma facção rival. As duas então perseguiram a vítima e deram vários golpes de faca nela.

Lorayne foi condenada pelo crime de homicídio com as qualificadoras de motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima, além do crime de corrupção de menor. Do G1 Acre