Assessoria – Os governadores do Acre e Rondônia, Gladson Cameli e Marcos Rocha, respectivamente, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, realizam, nesta sexta-feira, 2, vistoria técnica às obras de conclusão da ponte sobre o rio Madeira, na região do distrito de Abunã (RO).

A estrutura de concreto e aço, uma das maiores já erguidas pela engenharia na Amazônia, possui 1,5 quilômetro de extensão e 14,4 metros de largura. A ponte possui duas pistas de rolagem, acostamento em ambos os lados e passarela para pedestres.

Iniciada em 2014, a construção está orçada em R$ 154 milhões. Responsável pela obra, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) estima que inauguração seja possível até o mês de dezembro. Atualmente, as frentes de serviço estão concentradas na margem direita do rio, local que ficou conhecido como “lado de Rondônia”. Além da extensão do perímetro original da ponte, o trabalho para a conclusão da pista de acesso entre a estrutura e a rodovia federal está em ritmo acelerado.

Apesar de estar localizada em território rondoniense, a ponte do Madeira é um sonho antigo dos acreanos. Além de colocar fim à travessia de balsa naquele trecho da BR-364, a estrutura conectará o Acre definitivamente com a malha rodoviária federal. Uma obra histórica, importante para o desenvolvimento econômico da região e para a integração nacional.