Um homem de 36 anos foi preso, nesta quarta-feira (30), suspeito de estuprar a enteada de 13 anos, enquanto ela voltava da escola. O estupro teria ocorrido no final de 2019, em um ramal na zona rural de Sena Madureira.

O delegado Marcos Frank, responsável pelas investigações, disse que a polícia já tinha feito diligências atrás do homem, mas, ele não tinha sido localizado. Nesta quarta, ele se apresentou na delegacia. Frank disse que ainda não tinha ouvido o suspeito.

“Conta a vítima, que é enteada do acusado, que todos os dias o padrasto deixava e buscava na escola. No final de 2019, o acusado parou a moto e insistiu que ela o acompanhasse até mata. Ela relutou, mas, o acusado levou-a novamente, tirou suas roupas e a violentou sexualmente”, disse o delegado sobre o depoimento da vítima.

Ao saber do estupro, a mãe da adolescente procurou o Conselho Tutelar da Cidade, que formalizou uma denúncia na delegacia. Depois de denúncia e de ouvir a menina e a mãe, o delegado disse que fez o pedido da prisão preventiva que foi acatado pela justiça.

“A mãe denunciou e levou a filha e ela contou. O acusado dizia que se contasse algo mataria todos e depois se mataria”, acrescentou.

Frank disse ainda que a menina passou por exame de conjunção carnal. O homem deve ser encaminhado ao presídio da cidade.